Manobras no convés

Sábado, 02 de Agosto - Vincent le bosco et Philippe le commandant du Pourquoi pas ? (Copyright Ifremer / Campanha Momareto 2006 / Michel Gouillou)

 

 

Se acha que as amarrações dos equipamentos subaquáticos imergem por magia e que o Victor sai do convés por si só, desengane-se!

Por trás de cada levantamento de instrumentos, cada largada do submersível, esconde-se uma equipa de elevado nível! Orquestrada por Vincent, o contra-mestre, uma equipa de sete marinheiros efectua as manobras de convés.

O contra-mestre coordena esta equipa em relação estreita com o imediato, o comandante e os cientistas. Com mais de vinte e três anos de experiência em seis navios oceanográficos, o Vincent dirige todas as situações. Os planos de imersão e de largada dos equipamentos são estudados com minúcia, para assegurar a segurança do pessoal e dos equipamentos.

A equipa faz também a manutenção do barco: o mais pequeno traço de ferrugem é detectado, eliminado, o convés é regularmente limpo com energia. O contra-mestre deve também fazer o inventário de todo material necessário para que o convés funcione bem: equipamentos de segurança, pinturas, cabos, manilhas, ferramentas...

Enquanto que Victor, o mestre de manobras, assegura a segurança, Jean-Claude, seu irmão e chefe de palamenta, ajuda o contra-mestre. Alain, Julien e Antoine, os marinheiros de quarto, dividem-se entre o convés e a ponte de comando. Os marinheiros Ronan e Erwan complementam a equipa.

Grande acontecimento esta tarde, Tempo irá encontrar-se com os abismos, onde registará durante um ano imagens, e também dados de temperatura e da química dos fluidos.

 

Portfolio

Ronan et Victor, lors de la remontée du Victor Au bout du pont arrière, avec Alain, chef du Victor
Erwan, Alain et Ronan attendent le robot Discussion entre Vincent et les deux frères Victor et Jean-Claude
Julien, Ronan, Alain et Vincent en plein effort sur le pont arrière Victor est sécurisé en permanence. Il ne s'échappera pas !
Les scientifiques ont toujours quelque chose à mettre à l'eau... Pour Antoine et le reste de l'équipe de pont, le casque est obligatoire !