Tudo é medido

Quarta-feira, 30 de Agosto - Colocado perto de um campo de mexilhões, o debímetro faz as suas primeiras recolhas (Copyright Ifremer / Campanha Momareto 2006)

 

 

Acolhimento fantástico : uma quimera desfila de novo em frente dos ecrãs. A distração é de curta duração, porque o mergulho desta noite é dedicado às medições.

Medidas de débito, de temperatura, de ferro e de enxofre, e aquisições de vídeo e acústica, o Victor tem imenso que fazer!

Os protótipos "Chemini" e "Pepito" trabalham a par. Desde o início da campanha, eles acumularam uma vintena de horas de medições e recolhas. Ao mesmo tempo que o "Chemini" mede as concentrações de ferro e de sulfuretos no habitat dos mexilhões, o "Pepito" recolhe água para determinar as concentrações em metais.

Ao mesmo tempo, o "Flo" realizou a sua estreia! Este debímetro redobra a astúcia, já que tem dois métodos para estimar o débito : um método visual que permite estimar a velocidade das partículas num cilindro graduado, e um método físico que utiliza as variações de temperatura para estimar o débito das emissões hidrotermais. Todas estas experiências destinam-se a aumentar o conhecimento sobre o meio em que vive a fauna.

O número de imersões a realizar diminui, mas o trabalho que resta é titânico. Isto vai aquecer para o Victor !

 

Portfolio

É difícil o trabalho para a instrumentação a 1600 metros de profundidade! O braço do Victor é telemanipulado pela equipa do robot a partir da superfície
As recolhas de amostras de fauna, utilizando métodos clássicos, são efectuados quotidianamente Uma estranha quimera aproxima-se das câmaras quase todos os dias...