O Pourquoi pas ?

O Pourquoi pas ? é o mais recente navio oceanográfico do IFREMER. Com 107 metros de comprimento, pode fazer missões hidrográficas, no alto mar ou costeiras, de geociências, de oceanografia fisica, quimica e biológica, assim como operar os instrumentos científicos desenvolvidos pelo IFREMER.

Numa mesma missão, é capaz de operar alternadamente dois engenhos pesados, tais como o submarino tripulado Nautile e o submarino VICTOR 6000.

LO Pourquoi Pas ? é financiado 55% pelo IFREMER e 45% pela Marinha Francesa. O seu nome é uma homenagem ao Comandante Charcot (Médico e primeiro oceanógrafo francês, explorador das regiões polares franceses. Morreu em 1936 a bordo do seu último barco Pourquoi Pas ? IV qundo voltava de uma missão à Gronelândia).

> + informações ? (em francês)

 

Victor 6000

Este tipo de engenho submersivel, também chamado de ROV "Remotely Operated Vehicle"), abre perspectivas de exploração do fundo do mar muito eficazes, pois pode ser operado remotamente a partir do navio durante 3 a 4 dias seguidos no fundo , enquanto o submarino tripulado apenas 5 a 6 horas.

Permite também aos cientistas trabalharem simultaneamente sobre as imagens ópticas e acústicas, assim como sobre os dados fisico quimicos que chegam ao navio em tempo real.

> + informações sobre Victor6000 na página internet Frota (em francês) e na página internet Exploração (em francês).